Coluna

Festival de Verão encerra primeira noite de sua edição histórica de 25 anos com shows eletrizantes e grande público

O Festival de Verão Salvador fechou com sucesso a abertura da edição histórica na qual celebra o seu 25º aniversário, no Parque de Exposições, neste sábado (27). Organizado pela Bahia Eventos e com direção artística de Zé Ricardo, o evento embalou o público com shows marcados pela diversidade de estilos, encontros inéditos e apresentações exclusivas nos seus quatro palcos: Cais, Ponte, Rua e DJ Tower. Para além da programação musical, as maras parceiras do FV 24 proporcionaram opções variadas de entretenimento, como roda-gigante, tobogã, karaokê, experiências de realidade virtual, espaços para maquiagem e rooftops temáticos com uma série de ativações.

A Quabales Banda, grupo derivado do projeto social comandado pelo perussionista Marivaldo dos Santos abriu os trabalhos com a participação da cantora Aila Menezes, seguido pelo rapper MC Cabelinho que chamou ao palco TZ da Coronel para uma batalha de “trap”. Depois foi a vez de Iza, que incendiou o público com canções como “Nas Maluca”, “Que Se Vá” e “Mega da Virada”. No trecho do show com a participação de Liniker, as cantoras apresentaram músicas de suas carreiras, além de uma versão de “Isn’t She Lovely”, um clássico de Stevie Wonder.

Batizada de “Paredão Patuskada”, a aguardada e inédita parceria de Carlinhos Brown com a Baiana System entregou um espetáculo vigoroso que misturou rock, samba-reggae, axé e ijexá. Sustentados por um paredão de percussão e um naipe de metais, a “big band” abriu o show com uma versão épica de “O Guarani”, de Carlos Gomes, antes de enfileirar sucessos como “Lucro”, “Sulamericano”, “Forasteiro”, “Maria Caipirinha” e “Magalenha”, levando o público a abrir as tradicionais rodas que marcam os shows do grupo soteropolitano.

No show “A Bahia é um Luxo”, criado especialmente para celebrar os 25º aniversário do Festival de Verão, Ivete Sangalo – a única artista a ter participados de todas as  edições do evento –  levantou a multidão. A cantora, que comemora também as três décadas de sua carreira, apresentou um repertótio recheado de hits como “Cria da Ivete”, “Rua da Saudade”, “Arerê” e “Se Saia”, além do sucesso “Macetando”, música que vem ganhando as paradas, alcançando a posição #21 no Top Songs Brazil do Spotify.

Não faltaram sucessos também no show de Bell Marques, que chamou Claudia Leitte para uma participação eletrizante. Juntos os dois cantaram “Claudinha Bagunceira”, “Amor Perfeito” e “Gritos de Guerreira”.

O norte-americano CeeLo Green, a primeira atração internacional do Festival de Verrão desde 2018, subiu ao palco com uma formação que trouxe um DJ, dois saxofonistas e o percussionista baiano Marivaldo dos Santos. Numa festa de funk, rap, soul e R&B, o show foi marcadopor intervenções de músicas nacionais e internacionais que saíram das pickups, como “Magalenha” (Carlinhos Brown), “Amigo” (Roberto Carlos), “Seven Nation Army” (The White Stripes) e “Don’t Stop ‘Til I Get Enough” (Michael Jackson), e os hits de sua carreira “Crazy” e “Fuck You”.

Baco Exu do Blues encerrou a primeira noite do Festival de Verão com hits como “Me Desculpa Jay Z”, “Samba in Paris” e “Flamingos”, antes de chamar ao palco Psirico para uma colaboração nas canções “Banho de Pipoca”, “Música do Carnaval” e “Firme e Forte”.

Além das apresentações nos dois palcos principais neste sábado, o Festival de Verão realizou cinco shows com nomes da cena musical baiana no Palco Rua Coke Studio (Miguelzinho do Cavaco, Diggo chama Rafinha RSQ, Illy chama Dom Chicla, Pedro Pondé chama Letícia e A Dama), enquanto as DJs Lunna Monty e Carol Emmerick colocaram o público para dançar nos intervalos das apresentações do dos dois palcos principais.

Nesta edição, a Bahia Eventos, realizadora do festival desde 1999, realizou mudanças estruturais que se mostraram acertadas ao promoverem mais comodidade e segurança ao público. Uma das iniciativas mais notáveis foi a expansão do espaço da pista entre os palcos Cais e Ponte, agora posicionados um de frente para o outro. Essa mudança estratégica visou evitar aglomerações, permitindo que os frequentadores transitassem com tranquilidade entre os shows.

A meteorologia previa um verão excepcionalmente quente, então a organização se empenhou em oferecer áreas climatizadas e pontos de hidratação, garantindo o bem-estar de quem compareceu ao evento. Além disso, a inclusão de uma delegacia da polícia civil e militar dentro da arena reforçou o compromisso com a segurança do público.

Confira a programação do Festival neste domingo, 28 de janeiro:

Programação dos palcos Cais e Ponte

Domingo – 28/01

 

Abertura dos portões: 14h

Início do primeiro show15h20

Ordem dos shows:

Àttooxxá (Palco Ponte)

Gloria Groove chama Péricles (Palco Cais)

Thiaguinho chama Maria Rita ((Palco Ponte)

Lulu Santos chama Gabriel o Pensador (Palco Cais)

Daniela Mercury chama Ilê Aiyê e Margareth Menezes (Palco Ponte)

Leo Santana chama Luísa Sonza (Palco Cais)

Momento Histórico FV: Caetano Veloso “Transa” (Palco Ponte)

Seu Jorge chama Mano Brown (Palco Cais)

Teto chama Matuê (Palco Ponte)

Programação do Palco Rua

Domingo – 28/01

 

Ordem dos shows:

 

Miguelzinho do Cavaco

Tiri chama Marcia Castro

Sambaiana chama Nessa

Filhos de Jorge

O Kannalha

Programaçao do DJ Tower:

Domingo, 28/01

Dennis Dj

DJ  Pathy Dejesus

SERVIÇO


Festival de Verão Salvador 2024

Quando: 27 e 28 de janeiro
Onde: Parque de Exposições de Salvador
Classificação: 14 anos. Menores de 14 anos poderão ter acesso acompanhados pelos pais ou responsável legal.
Abertura dos portões:

Sábado – 15h00

Domingo – 14h00
Vendas On Line: https://bileto.sympla.com.br/event/88040/d/222329
Vendas Físicas: Lojas South no Shopping da Bahia, Salvador Shopping, Shopping Center Lapa e Shopping Paralela.

Meia-entrada: Além de estudantes, outros segmentos têm direito à meia-entrada, segundo a lei 12.933/2013. Em
ambos os casos, é obrigatória a apresentação de documentos comprobatórios. Para mais informações, acesse
https://bileto.sympla.com.br/meia-entrada/bahia.html

Fechar