AgendaGastrô

Permanecem abertas as inscrições para a segunda fase do Acelera Iaô – Área Alimentação

Até o dia 23 de maio, as inscrições podem ser feitas no site da Associação Fábrica Cultural

Ainda há tempo para os afroempreendedores, que trabalham com alimentação, se inscreverem para a segunda fase do Acelera Iaô. Abertas até o dia 23 de maio, as inscrições podem ser feitas no site da Associação Fábrica Cultural: https://fabricacultural.org.br/.

Neste segundo ciclo do Iaô Labs, serão oferecidas 180 vagas, exclusivas para a área de alimentação. Realizado pela Fábrica Cultural, o programa Acelera Iaô conta com o patrocínio do Grupo Carrefour Brasil.

As 180 vagas para o segmento de alimentação podem ser concorridas por empreendedoras e empreendedores negros, pardos e indígenas maiores de 18 anos, residente em Salvador, região metropolitana e cidades da Bahia, com empreendimento em atividade há, no mínimo, 6 meses. Os contemplados terão seus negócios estimulados através das qualificações do Programa Acelera Iaô, que tem como grande diferencial o atendimento gratuito das marcas selecionadas para os Labs nas áreas oferecidas nos dois ciclos.

A partir de cada etapa, os empreendedores terão a possibilidade de serem premiados com investimento semente, no valor de R$10.000,00. A premiação é direcionada para os empreendimentos que mais se destacaram ao longo dos ciclos I e II do programa. Com a primeira turma já em processo de formação, os selecionados para o segundo ciclo irão frequentar aulas em formato híbrido, com aulas online e encontros presenciais.

A qualificação tem como proposta fomentar o trabalho de empreendimentos negros por meio do apoio e da aceleração dos negócios criativos. Não podem participar os empreendedores que foram contemplados com premiações dos programas da Associação Fábrica Cultural.

O acelera visa a promoção da igualdade de gênero ao oportunizar a inclusão socioprodutiva, criativa e econômica de mulheres, sobretudo da Bahia. O programa dispõe de uma infraestrutura, com coworking, estúdio de fotografia e salas multiuso para potencializar de forma efetiva os produtos e as estratégias de comunicação das marcas. Dentro da proposta de promover e impulsionar a educação empreendedora afro centrada, os participantes serão estimulados a ter autonomia e gerar renda em seus negócios, através do conhecimento técnico/estético/criativo e o uso das ferramentas digitais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar