Coluna

Do interior da Bahia, feirense cria império de 400 milhões

Uma pesquisa realizada pela Grant Thornton (2022), aponta que as mulheres ocupam 38% dos cargos de liderança no Brasil. Embora tenha apresentado uma pequena queda em relação a 2021, onde tinham 39% do público feminino à frente de grandes cargos, a presença de mulheres em posição de liderança cresceu nos últimos anos.

Daniela Lacerda, CEO da Rede Corujão 24h e sócia do Grupo Voa, é um exemplo de mulher que tem conquistado e se consolidado neste espaço.  Reconhecida como a mulher mais jovem do setor varejista, de acordo com a Associação Baiana de Supermercados (ABASE), a empresária foi destaque na lista Under 30 da Revista Forbes Brasil 2021, e recebeu diversos reconhecimentos nacionais e internacionais pela sua atuação de liderança e ações ESG.

Empresária, com MBA em Gestão de Empreendedorismo e Pessoas, pela PUCRS e formação em Direito, pela UNIFAN, Daniela começou a empreender de maneira informal, como “sacoleira”, e em menos de um ano conquistou o faturamento de 100 mil reais, vendendo roupas e acessórios.

Em sua trajetória profissional, a CEO percebeu que o empreendedorismo despertava a sua atenção ao enxergar o quão longe conseguiria ir e quantas transformações poderiam se realizar na sociedade. “O empreendedorismo com propósito sempre foi meu alvo. Não enxergo apenas números, mas o sucesso e a possibilidade da construção de negócios, apostando em sustentabilidade, geração de empregos e crescimento socioeducativo está na minha história”, revela.

A empresária conta que não é fácil se destacar como liderança em um setor majoritariamente masculino, sendo mulher. Revelando que um dos pontos para chegar a ter o sucesso é acreditar no próprio potencial. “A principal dificuldade da liderança ainda é a desconstrução de imagem “conservadora” junto a grandes fornecedores e, vale ressaltar, que o papel feminino ainda gera desconforto e insegurança em alguns. No começo acreditei que conseguiria, ousei e fui julgada por ser a “blogueira” do meu negócio. Mas só eu sabia o meu objetivo, até que o atingi e hoje, eu e o Corujão 24 horas, somos uma das maiores presenças digitais dentro do ramo varejista alimentar na Bahia”, comemora.

Daniela conta que foi graças à junção do trabalho com o acreditar em seus instintos, conhecimentos e potenciais, que eles saíram de uma empresa formada por apenas 3 colaboradores, para uma empresa que gera centenas de empregos diretos. Transformando um depósito de bebidas em uma das redes de supermercados que mais cresce no Brasil, com destaque internacional, o seu grupo varejista conta hoje com nove lojas e faturamento de mais de R$400 milhões por ano.

Entre as suas conquistas, recentemente Daniela Lacerda teve reconhecimento da ONU, na HUB ODS do Nordeste e foi destaque da edição 50 da Revista The Winners, pelas medidas de responsabilidade ambiental e valorização do capital humano aplicadas em suas empresas. Recebeu a Premiação POPAI, honraria que reconhece nacionalmente as melhores ações de merchandising do país e foi convidada a ser vice-presidente Nordeste do grupo e representá-los no Euroshop, um dos eventos de varejo mais importantes do mundo.

Inovadora e sempre à frente do seu tempo, Daniela Lacerda tem apostado numa gestão humanizada, sempre atenta aos princípios do ESG e ao desenvolvimento de toda a cadeia produtiva. “Eu nunca tive dúvidas do potencial que temos aqui. Precisamos formar profissionais e investir no desenvolvimento de lideranças femininas. Nós somos o presente e mudaremos a realidade do país com a nossa competência, inteligência e força de trabalho”, finaliza a empresária.

 

Fechar