Gastrô

Café Mãe é inaugurado em Salvador com cardápio inspirado na cozinha afetiva

O museu Cidade da Música da Bahia vai ser inaugurado nesta quinta-feira, 23, no Comércio, em Salvador, e, além do acervo dedicado à história da música produzida no Estado, vai apresentar uma nova possibilidade para os baianos e turistas amantes da gastronomia. É lá que vai funcionar o Café Mãe, espaço que nasce da união das irmãs produtoras culturais Elaine Hazin e Paula Hazin, e da chef Paula Bandeira, e terá o cardápio inspirado na cozinha afetiva.

A criação do Mãe traz em si uma história de transformação da perda em homenagem e afeto. O espaço é dedicado à mãe de Elaine e Paula Hazin, Josete, que iria cuidar do café, mas faleceu há cinco meses, de Covid-19. “Está sendo um processo de ressignificar toda esta dor em muito amor. Precisávamos continuar sonhando e convidamos nossa amiga e chef Paula Bandeira para tornar este sonho real. Pedimos a ‘bença’ aos mais velhos, pegamos receitas de nossa mãe, avó, e construímos com muito amor este lugar, que também será um espaço de honrar nossa ancestralidade”, explica Elaine.

Como toda memória de afeto é sempre bem-vinda, o cardápio do espaço vai agregar também receitas da família da chef Paula Bandeira. O Mãe já nasce pensando no futuro: depois de inaugurado na Cidade da Música da Bahia, vai ganhar uma unidade na Casa do Carnaval (Pelourinho), como restaurante. E, também para o futuro, há a ideia de ensinar gastronomia para mulheres em situação de vulnerabilidade, capacitando-as para ter na gastronomia uma fonte de profissionalização e renda.

 

Crédito da foto: Ulisses Dumas

Fechar