Agenda

Festival Elas à Frente leva mulheres do Samba ao MAM nos dias 7 e 8 de março

Matriarca do Samba, natural do Recôncavo da Bahia e uma das figuras femininas mais importantes da cultura brasileira no século XX, Tia Ciata é a inspiração do segundo Festival Elas à Frente, que este ano fará uma edição especial dedicada às mulheres do Samba.

 

Promovido pela Secretaria de Políticas para as Mulheres do Governo do Estado da Bahia (SPM-BA), o festival gratuito acontece nos dias 7 e 8 de março, no MAM, tendo como atrações as artistas baianas Mariene de Castro, Gal do Beco, Juliana Ribeiro e os grupos femininos As Ganhadeiras de Itapuã e Samba de Oyá. A entrada será mediante doação de 1kg de alimento não perecível.

 

O Festival Elas à Frente no Samba integra a programação do “Março Elas à Frente”, com ações culturais, formativas, de empreendedorismo e de políticas públicas que celebram o Dia Internacional da Mulher e que têm como objetivo a garantia plena dos direitos de todas as mulheres na Bahia. Além do line up inteiramente formado por mulheres, o Festival possui também uma equipe de produção e técnica majoritariamente feminina.

 

PROGRAMAÇÃO

Quem abre a programação do Festival, no pôr do sol de quinta-feira, dia 7 de março, às 17h, é o grupo Samba de Oyá. No dia 8, sexta-feira, as apresentações começam também às 17h, com shows de Mariene de Castro, Gal do Beco, Juliana Ribeiro e As Ganhadeiras de Itapuã, com discotecagem da DJ Libre_Ana nos intervalos. O Festival é gratuito e o acesso será mediante doação de 1kg de alimento não perecível, que será destinado ao projeto Bahia sem Fome.

 

MULHERES DO SAMBA

Mariene de Castro – Soteropolitana, soma 26 anos de carreira dedicados ao samba e à cultura popular brasileira. Traz em suas apresentações canções autorais e releituras de sambas clássicos, tendo como referências musicais o samba de roda, coco, maracatu, ijexá e jongo.

Juliana Ribeiro – Cantora, compositora e historiadora, Juliana Ribeiro é expoente nacional da música baiana e traz para essa apresentação o show “Elas por Ella”, com canções de compositoras do Samba e da MPB, incluindo autorais da artista.

Gal do Beco –  Com 42 anos de carreira e 72 de vida, Gal do Beco é carioca, mas naturalizada na Bahia, já que reside no Centro Histórico de Salvador há mais de 30 anos. Tornou-se conhecida e respeitada nas rodas de samba da Bahia como divulgadora do samba de raiz.

 

As Ganhadeiras de Itapuã – Com berço no bairro de Itapuã e carregando em si detalhes da história primordial do Brasil, o grupo traz a memória das antigas negras de ganho do período colonial – primeiro símbolo do empoderamento feminino no Brasil. Canções praieiras, cantigas e cirandas, fruto do coro de 20 vozes femininas, resgatam memórias e dão ritmo às saias de chita dessas mulheres que, movidas pela força de suas raízes, impressionam nos palcos.

Samba de Oyá – Existe desde 2016, tendo à frente as sambistas Bárbara de Oyá (voz), Betânia Barbosa (bateria) e Jandira Santos (percussão). No repertório, sucessos do samba e pagode, além de MPB, em clássicos como Alcione, Beth Carvalho, Ivone Lara, Zeca Pagodinho, Ferrugem, Thiaguinho e Revelação.

 

SERVIÇO:
Festival Elas à Frente no Samba – Homenagem a Tia Ciata
Atrações: Mariene de Castro, As Ganhadeiras de Itapuã, Gal do Beco, Juliana Ribeiro e Samba de Oyá e DJ Libre_Ana
Data: 7 e 8 de março (quinta e sexta-feira)

Horário: 17h

Local: MAM – Museu de Arte Moderna da Bahia  (Av. Lafayete Coutinho, s/n)

Entrada Gratuita – mediante doação de 1kg de alimento não perecível

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar