Cultura

BUBUIA, um espetáculo para bebês de todas as idades

Fazer teatro para bebês… para isso foi criado o espetáculo BUBUIA, que é inspirado na obra “A Terceira Margem do Rio”, de Guimarães Rosa. O desafio do Coletivo Antônia com a peça foi aproximar os bebês e crianças do conto, mas também possibilitar uma dinâmica que incluísse crianças e adultos, apostando na capacidade de maravilhar-se dos bebês, com foco em suas habilidades e sensibilidades emocionais, poéticas e estéticas.

Por isso em BUBUIA o caminho escolhido foi não contar essa estória, traduzindo tudo aquilo que não está dito, no encontro com os objetos. Assim, o espetáculo se relaciona com as águas e, à mercê delas, flutua. Em cena, baldes, bacias e balões, corpos e sons desenham o curso de um rio que deságua na quietude, no perpétuo e na margem que não se vê.

Para isso o Coletivo Antônia trabalhou em parceria com o Instrumento de Ver, que – em uma direção coletiva – assina a sua primeira incursão no Teatro para Bebês. O grupo, conhecido por propor criações híbridas entre circo, dança, teatro e outras linguagens, trouxe para a criação uma pesquisa que vem se multiplicando nos últimos anos – a relação entre corpos e objetos, sob o olhar do circo.

BUBUIA é também uma investigação de corpos que lidam com objetos, que se relacionam com a água, com o ar e com a terra, bagunçando essas relações e colocando o que é próprio da terra no ar, da água na terra, e da terra no sonho. Quer coisa melhor para nosso bebê?

A companhia, criada em 2009, já se apresentou em mais de 60 cidades brasileiras, além de participar de Festivais Nacionais e Internacionais (sediados na América Latina, Central e Europa).

O espetáculo “BUBUIA” será encenado no dia 28 de maio, às 11h, e no dia 29, às 16h, no Teatro Gregório de Mattos, com ingressos a R$ 10,00 (a inteira) e R$ 5,00 (a meia). A montagem chega a Salvador direto de Brasília, através da XXI edição do Festival do Teatro Brasileiro – FTB, que até 29 de maio realiza em cinco espaços da capital baiana uma série de eventos artísticos, educacionais e de qualificação profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar