Cultura

Bicicletrio Toca Raul é destaque no Furdunço neste domingo (16)

O bordão “Toca Rauuul” nunca foi tão levado a sério quanto ao inspirar, há cinco anos, o projeto Bicicletrio Toca Raul, um nanotrio movido a pedais que leva a irreverência da vasta obra de Raul Seixas para o Carnaval de Salvador. A banda Arapuka, tendo à frente o cantor e compositor Marcos Clement, traz clássicos como Maluco BelezaMetamorfose Ambulante e Tente Outra Vez para o circuito carnavalesco em divertidas releituras de marchinhas e frevos, sem perder a essência rock’n roll, o que volta a acontecer neste domingo (16), 15h, durante o Furdunço, no Circuito Orlando Tapajós (Ondina-Barra)

O universo lúdico das canções de Raul Seixas já justificaria o sucesso do Bicicletrio, mas a banda Arapuka ainda capricha no figurino para lembrar por quantos personagens Raul Seixas passeou através de seus clipes e canções, e assim os músicos desfilam como o carimbador maluco, a mosca na sopa e muitos outros personagens. Como eles cantam e tocam do chão, o desfile contagia pela sua proposta de integração com o público.

“E nem precisa lembrar o quanto esse grande artista popular soteropolitano, que tem seu nome marcado na história da música brasileira, consegue atingir todas as classes sociais e faixas etárias, então a apresentação é um convite para toda a família”, reforça Marcos Clement, que, como músico independente e pesquisador da obra de Raul Seixas, tem uma estrada musical com inúmeros projetos em tributo ao maluco beleza.

O flerte de Raul Seixas com o universo carnavalesco não é uma invenção da banda Arapuka. Clement conta que o artista chegou a gravar marchinhas de Carnaval para especiais de televisão ao lado de Vanderléia. “A irreverência fora dos padrões de Raul Seixas tem tudo a ver com a proposta de descontração e subversão dessa festa”, reforça.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também...

Fechar
Fechar